quarta-feira, janeiro 22, 2014

terça-feira, dezembro 31, 2013

Continuando com o PAPEL

Para uma casa de praia em estilo rústico, nada melhor que candeeiros muito rústicos, alegres e originais.

 Suspensão de escritório 1
 Suspensão de escritório 2
Estas suspensões foram feitas com papel kraft. Gostei tanto do efeito que decidi deixar assim mesmo.
 Suspensões de balcão de separação cozinha/sala
Suspensão da mesinha de refeições
Candeeiro com tripé em troncos e abatjour em papel de seda.

terça-feira, setembro 18, 2012

MOBILE DE PASSAROCOS

Desta vez fiz 4 coloridos passarocos que pendurei em pauzinhos feitos com veios de folha de coqueiro e que foram voando para decorar o quarto da Luciana que fez ontem 9 meses. 





Armação em arame, enchimento com jornal amarrotado, modelação em pasta de papel de jornal e cola branca, decoração com papel de seda.

sexta-feira, setembro 14, 2012

PAPEL E BICHOS


Inspirada  pelos simpáticos Manguços, decidi fazer-lhes uma espécie de homenagem que também poderá servir para que se assustem e não me invadam a machamba :)
Armação em arame preenchida com jornal amarrotado, dá-se a forma com a ajuda de fita-cola de pintor. Faz-se uma massa com papel de jornal tritutado e amassado com cola branca e cobre-se a armação dando-lhe os pormenores desejados. Deixar secar muito bem e decorar a gosto. Neste caso,como pretendo deixá-lo ao ar livre, decidi pintar com tintas acrílicas e finalizar com verniz spay.

sábado, maio 12, 2012

Elefanta Marília


Trabalhar com papel é sempre um grande prazer. Desta vez concretizei um projecto um pouco mais arrojado. A partir de um molde criado e executado por mim fiz esta linda elefanta-candeeiro com a técnica do papel-maché (papel de seda e cola).





terça-feira, dezembro 20, 2011

Decoração e coordenados



Escolhe-se um belo coordenado de tecidos importados, fazem-se almofadas e capa de edredão para transformar a cama em sofá. Recortam-se os motivos do tecido da capa de edredão e faz-se uma montagem utilizando a "arte aplicada" e que vai por sua vez embelezar a capa de edredão da caminha de grades. Para completar nada melhor (e mais fácil) que uma almofadinha com um elefante côr-de-rosa.

quarta-feira, novembro 02, 2011

OVELHA DA CARA PRETA


Muitas vezes compramos os materiais porque nos inspiram para um determinado projecto. Aconteceu-me com esta tela de peluche branco. Porque tinha um ar fôfinho e porque na altura não era fácil encontrar. O projecto foi feito e logo de seguida arquivado pensando em dias menos atarefados... Fazendo grandes arrumações na oficina, ei-lo que salta de dentro de um saco desejoso de ganhar vida. Não dava para resistir, até porque era um óptimo pretexto para fazer um intervalo nas arrumações. Ficou tão Lindo que acho que vou fazer outro com um peluche côr de ovelha que me saltou de um outro saco que estava ao lado daquele... 
(materiais: Corpo de peluche acrílico branco, Fazenda jercei preta para as pernas e cabeça, olhos de lã branca feltrada, as meninas dos olhos são botões pretos de plástico com pé e é cheio com enchimento acrílico). Dimensões do corpo:50cm x50cm.  

sexta-feira, julho 22, 2011

HAJA LUZ!


Candeeiro de mesa: armação interior feita com um garrafão de água em plástico e coberta com um lenço franzido na bainha e apertado na base do garrafão. Só podem ser usadas lâmpadas economizadoras (não aquecem)

Abat-jour feio em papel-machê e coberto com escamas de papel. Foi usado papel de fotocopiadora.

Na onda dos candeeiros e aproveitando o que se tem à mão. Espero que possa contribuir para vos dar ideias.

quarta-feira, julho 06, 2011

TECIDOS

Pormenor do tecido que forra os sofás de um quarto de hotel no Zimbabwé. Não sei a sua história, onde foi fabricado nem que idade terá; só sei que é Lindo!

terça-feira, março 29, 2011



Mais um top e um vestidinho fresco feitos em tecido de capulana.

domingo, fevereiro 27, 2011

Costurando a Colecção primavera-verão 2011

As chamadas calças de harém. Ou se ama ou se odeia. Eu acho-as super confortáveis e sofisticadas. O tecido de capulana dá-lhes um toque especial..... E são muito fáceis de fazer.

segunda-feira, janeiro 10, 2011

S.Gonçalinho, Aveiro

Compram-se as cavacas
Espera-se na bicha para pagar a promessa
Atiram-se as cavacas
O povo apanha como pode
um apanhador mais profissional...
Os adjuntos dos apanhadores vão amealhando
No final há festa com um grupo musical de nome Muito apropriado...







sábado, janeiro 01, 2011

MOÇAMBIQUE

músico e construtor de instrumentos musicais

mercado do pau, num jardim da baixa de Maputo

presépio em madeira
Os problemas dos artesãos Moçambicanos são muito parecidos com os dos Portugueses: desvalorização do seu trabalho, invasão de "artesanato" de outros países, feiras de artesanato onde se misturam artesãos com comerciantes, etc..
A diferença é que eles têm entidades que parece que realmente os apoiam, entre elas: www.cedarte.org.mz



terça-feira, dezembro 28, 2010

É NATAL

Vista parcial da exposição
O meu "Presépio Jardim"


O meu Presépio no Burrinho bem acompanhado
O Convento de S. José em Lagoa, organiza todos os anos uma mostra de presépios, convidando os artesãos do Conselho e não só, a participar. O espólio já é muito grande e este ano foi montada uma exposição muito interessante com uma selecção destes trabalhos. Tenho o prazer de estar representada com dois dos meus mais lindos presépios.


domingo, dezembro 05, 2010

LENÇOS


Acessório muito comum em Moçambique, está a cair em desuso junto das mais jovens. Os lindos penteados de longas tranças, as perucas e as extenções estão a ganhar terreno.
O fascínio por estes lindos pedaços de pano é que não passa.

quinta-feira, dezembro 02, 2010

VESTIDO


Mais um modelo utilizando as Capulanas. Desta vez é um padrão muito tradicional e conhecido; a chamada Estrela.
O vestido é muito prático e fácil de fazer e ficou larguinho para não ter que colocar fecho.
Posted by Picasa

segunda-feira, novembro 29, 2010

sexta-feira, novembro 19, 2010

COSTURANDO

CAPULANA - nome dado em Moçambique a um corte de pano, geralmente de algodão estampado com desenhos muito caracteristicos. As mulheres usam-na simplesmente enrolada à cintura com uma ponta entalada a segurar, sem preocupações.
Pela beleza e riqueza de padrões, desde sempre que os apreciadores destes panos os têm aproveitado para lhes dar uma grande variedade de usos: cortinas, toalhas de mesa, colchas, etc. Nos idos anos 70 os jovens adoptaram as capulanas para fazer mágnificas túnicas, que ainda hoje se usam. Nos ultimos tempos tem resurgido o gosto por estes panos utilizando-os em vestuário e acessórios de moda.
Aqui vai o meu contributo. Fiz esta saia, respeitando a forma tradicional de a usar mas dando um ar mais arrumado e até funcional: sem cortar cosi duas pinças de lado ajustando na cintura; fiz um cintinho fino cortado em dois que cosi nas extremidades da volta da cintura, uma delas com um nó que vai drapear a parte da frente. É só atar o cintinho e ficamos com uma elegante saia comprida cruzada.
Espero que gostem e aproveitem a ideia.

domingo, outubro 03, 2010

domingo, setembro 05, 2010

De volta


Quando queremos apresentar o nosso trabalho ao público com a dignidade que ele merece, devemos esforçar-nos com quantas forças temos.
No caso Fatacil o esforço feito pelos artesãos é sempre muito grande: nas tardes escaldantes de Agosto, temos que estar nos nossos postos logo pelas 4 horas e só de lá saímos à 1 da manhã. Se fizermos as contas são 9 horas de trabalho seguido, coisa que poucos portugueses farão. O que vale é que de vez em quando damos uma voltinha pela feira enquanto os vizinhos dão um olhinho no nosso stand.
Este ano a decoração do meu stand foi particularmente apreciada: encobri parcialmente o feio teto com a minha grande teia de aranha, com a" bicha a tomar conta".
Balanço final: gostei muito de rever os colegas, amigos e clientes que só vejo nesta altura do ano. Fiquei com o coração cheio e o meu stock de produtos aliviado. A semana que se segue é sempre a mais complicada - é a vez de descomprimir, arrumar a casa e a vida.
Para o ano "vamos a ver".....

segunda-feira, agosto 16, 2010

MALAS DE PANO

FATACIL 2010
Por motivos de renovações (de quase tudo), este ano vou ter um preço excepcional nas minhas malas de pano (patchwork, tecelagem, etc.):
€10,00.
Visitem-me de 20 a 29 de Agosto no stand AA14 da Fatacil, Lagoa.